Home » Todas os postsPage 125

Discurso de posse

1 de janeiro de 2009
Inicio minha fala agradecendo primeiramente a Deus, pelo dom da vida, por ter me dado saúde, serenidade e determinação durante todo o percurso que trilhei até chegar aqui. Agradeço a meus pais Joaci e Lígia, à minha esposa Tânia, às minhas duas filhas Laís e Laila, a meus irmãos, aos meus cunhados, cunhadas, sobrinhos e sobrinhas, aos amigos e a todos que demonstraram carinho e confiança em mim. Gostaria de agradecer àqueles que compuseram a nominata de candidatos do PDT, afinal sem os seus votos não teríamos alcançado legenda tão expressiva. Não poderia deixar de agradecer, também, aos senhores Luiz Carlos Brunel Alves, Moacir Rabelo da Silva e Araildo Domingos Liberato Machado, por terem composto as chapas majoritárias e promovido, juntamente com seus candidatos a vereança, companheiros de partido e simpatizantes, mais esse marco democrático no município. Afinal, no último 05 de outubro de 2008, o povo de Capivari viveu mais um momento democrático, mais uma vez exerceu a sua cidadania, e nas urnas, com o peso de seus votos, legitimou os seus representantes políticos: um prefeito, um vice-prefeito e seus nove vereadores. O povo demonstra, a cada eleição, a força que tem. E é bom salientarmos que o preço do feijão, do arroz, o preço do leite, o preço da carne, a educação, a saúde, o saneamento básico, a pavimentação de ruas, o emprego, a justiça social e, conseqüentemente, o bem comum, o bem de todos, o bem de todas as famílias depende da atividade do governo e dos atos dos políticos. É muito, muito séria e de consequencias imensuráveis, sem tamanho, o ato cidadão de votar. As Escrituras sagradas professam que o ato de votar é divino. Consideramos ainda mais divino, os atos daqueles em que o povo depositou sua confiança. A corrupção e a mentira empobrecem o povo, pois, por exemplo, dentre as causas de aumento de impostos, uma delas é o desvio do dinheiro público. É a retirada teatral, maquiada, do pão e da dignidade das famílias, como se vê, não raras vezes, na imprensa nacional. Aliás, tudo isto tem prejudicado o conceito e a imagem que o povo tem feito da política e dos políticos, o que faz com que a esperança também se enfraqueça. Mas temos certeza de que cada um de nós visualizará o momento que vivenciamos no dia cinco de outubro, relembrará o momento da diplomação e observará o presente momento, como fatos divinos. E então, honremos a confiança das pessoas, a confiança das famílias, a confiança dos cidadãos, e a esperança do POVO. Um dos principais fundamentos da nossa Constituição Federal é a dignidade humana. E a dignidade humana só é promovida quando os cidadãos, independentemente de raça, etnia, religião, classe social e independentemente de partido político, vêem tudo aquilo que lhe dignifica, tudo aquilo que lhe proporciona alegria e qualidade de vida lhe sendo oferecido pelo Estado (entenda-se aqui Estado como País, Estado e Município), e sente que esse mesmo Estado realmente se faz presente através de programas de habitação, educação, cultura, saúde, trabalho, lazer, meio ambiente e segurança. Por isso, sob a proteção de Deus, pedimos, com ética e determinação, que nos voltemos a proteger os interesses de todos, e à execução de trabalhos que visem à promoção da justiça social e do bem comum. Há muito a ser feito pelas crianças, pelos jovens, pelos idosos, pelos portadores de necessidades especiais, há muito a ser feito pelas famílias, pelas empresas e pelo comércio local. Há muito a ser feito pelos 20700 capivarienses. Portanto, Exmº. Sr. Prefeito, Luiz Carlos Brunel Alves; Exmº Sr. Vice-Prefeito, Nivaldo de Souza; Exmºs. Senhores Vereadores…, […]
Autor:
Este post está postado na(s) categoria(s): Notícias
Página 125 de 125« Primeira...121122123124125